Verrugas

Apresentam uma organização simples e acelular, são intracelulares, para se reproduzirem precisam de uma única célula para infectar. Possuem um tipo de ácido nucléico DNA ou RNA. A possibilidade de infecção varia com a idade do paciente, com resposta do sistema imunológico do indivíduo e com o conteúdo aquoso de sua pele.

O papiloma vírus humano específico se multiplica dentro do núcleo das células epidérmicas, e tem um período de incubação que varia de um a seis meses, um grande número de vírus causa lesões em vários locais do corpo, mas são mais freqüentes nos pés. Existem mais de 70 tipos diferentes de HPV, mas o mais comum é a verruga.

São autênticos tumores da pele com aspectos clínicos diferentes, variações distintos na resposta ao tratamento que se estende por baixo da camada basal das células.

São proliferações epidérmicas benignas. A maior parte das verrugas desaparece espontaneamente, isto é, são autoregressivas. Provavelmente seja pela resposta imune celular, que reconhecendo a proteína viral a ataca e destrói.

Processo de formação da verruga

Dá-se por papilomatose e acantose:

Papilomatose: O vírus enxerta o seu RNA viral no núcleo da célula espinhosa, fazendo com que este acelere a reprodução celular e o metabolismo, provocando a superficialização de pontos vermelhos ou pretos (vasos sanguíneos trombosados) na formação de verrucosa.

Acantose: consiste na proliferação da camada espinhosa para o interior da derme, preservando a camada basal.

Estes dois processos associados dão origem à verruga.

São proliferações epiteliais contagiosas (tumores) benignos que se localizam na pele e nas regiões muco-cutânea. Freqüentes nas unhas, no sulco ungueal, polpa dos dedos e menos freqüentes no leito ungueal.

Predisposição

Ocorrem em qualquer idade, porém são mais freqüentes em crianças ou adolescentes, em virtude de não terem ainda o sistema imunológico totalmente desenvolvido.

Transmissão

Penetra na pele por inoculação direta, induzida por pequenas erosões na camada córnea (traumatismo biomecânico e ocupacional, onicofagia, arranhões, atrito sobre os pontos de pressão, contato físico e íntimo de indivíduos susceptíveis, etc). A transmissão se faz por via direta ou indireta e a disseminação local, geralmente, se dá por auto-inoculação.

É favorecido por andar descalços, em lugares com riscos de infecções, como piscinas, banheiros públicos, e por deficiência do sistema imunológico.

Etiologia

Papiloma Vírus Humano – HPV (do grupo PAPOVA)

Classificação

São classificadas em:

Verrugas Plantares

Conhecidas também como ¨olho de peixe¨, surgem geralmente nas plantas dos pés. Em decorrência da pressão que suportam, são pouco salientes manifestam-se com uma superfície irregular ou lisa e um anel ao redor de hiperqueratose. Podem ser únicas ou múltiplas, unilateral ou bilateral, plana ou saliente, e geralmente coberta por hiperqueratose, lembram um cravo, são profundas, aparecem como um tumor plantar, cor de carne, ásperas e freqüentes, possuem papilas centrais hipertrofiadas dentro da queratina macerada, rodeada por um anel córneo e crescem até tornarem-se dolorosas. Ao retirarmos esta camada vamos observar pequenos pontos escuros devido à trombose dos capilares.

Verrugas em Mosaico

São lesões definidas, de diversos tamanhos, aparecem múltiplas, agrupadas em placas, afetando as bordas do pé e região plantar, podem ser confundidas com calos.

São muito dolorosas principalmente se diagnosticadas nas cabeças metatarsianas (onde se suporta o peso e a pressão do corpo).

Apresentam-se com superfície hiperqueratósica seca, aparecem individualmente e depois vão se espalhando, são muito dolorosas. Aparecem com freqüência em transplantados e pessoas com HIV.

As verrugas localizadas entre os artelhos são parecidas com calos moles por ter aparência branca e esponjosa.

Verruga Vulgar

É comum localizar-se nos dedos, dorso das mãos e dos pés, possui superfície rugosa e áspera, cor escura (acinzentada), não penetram profundamente na pele, ocorrem com freqüência em crianças de idade escolar. Quando aparecem na região periungueal o tratamento é mais difícil.

Verruga Plana

Têm aspecto de pápula arredondada, cor da pele, marron-clara ou amarela que as rodeiam, surgem ou sobressaem na pele. São observadas nas mãos e faces de crianças e jovens. Quando aparecem no dorso do pé são muito resistentes ao tratamento. Podem ser poucas ou numerosas. Sua disseminação pode ser nas mulheres pelo hábito de depilar as pernas, e nos homens no ato de barbear-se.

Verrugas Filiformes

Podem ser únicas ou múltiplas, acometem principalmente adultos e jovens, na face, pescoço e eventualmente nos cantos da boca. São altamente queratinizadas.

Condiloma Acuminado

São pápulas vegetantes, com aparência de couve-flor, assintomática e aparecem na região genital ou anal. A contaminação é pelo ato sexual.

Verrugas Periungueais

Localizam-se nas pregas periungueais, supra-ungueais, leito ungueal ou junto ao hiponíquio. São duras e dolorosas devido ao atrito e a traumatismos, ocorrem em formas múltiplas.

Molusco Contagioso

Infecção cutânea causada por um poxvírus que produz protuberâncias lisas, da cor da pele, possui menos de 1,5 cm de diâmetro e apresentam uma minúscula depressão no seu centro. Algumas vezes, uma protuberância isolada pode atingir até 3,8 cm. Dissemina-se através do contato direto com a pele e é freqüentemente transmitido sexualmente, são pruriginosas e indolores, apresentam uma depressão central cheia de material branco pastoso.

Sinais e Sintomas

Efeitos Colaterais

Desenvolvido por Robson Mori - Todos os direitos reservados.